sexta-feira, novembro 23, 2007

"Vem na minha, vem na minha.."

scooby loo, sobrinho do scooby doo... "Em 1979, Scooby ganhou um sobrinho: Scooby-Loo (Scrappy-Doo), uma versão menor mas corajosa, tagarela e chata...." (retrotv.uol)

qualquer semelhança, mera coincidência... o.Ô, eles só erram o ano, na verdade foi em 1987 heheheh
manda vir, que meu santo é forte!!
manda vir!!

sexta-feira, novembro 16, 2007

Perfumei o corredor

hoje um caráter textual diferente. Não um canto, mas uma oração,
Pra tirar de vez o mal olhado e começar a semana bem protegida! =)
Meu guerreiro, meu protetor.. aliás.. um dos, é só pra um começo!
;)


Oração a São Jorge

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.


Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos.

Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.
São Jorge Rogai por Nós.

quarta-feira, novembro 07, 2007

"Ai meu coraçãozinho"

Hoje me deu saudade.
Senti nostalgia do que tive e do que não tive, do que tenho e não tenho.
Me arrependi.
Algumas vezes de ter, outras de só querer, e outras de nem pensar.
Me perdi.
eterna grande dúvida que sou, viajei em meio aos meu pensamentos e sucumbi a um mar gigantesco de questionamentos.
Repensei.
Encontrei algumas coisas guardadas, bons motivos e belas estampas. Vi mais além que me privei do que duvidava e hoje, se possivel, até voltaria atrás.
Cai.
Em um blog de alguém que por 'n' motivos admiro e vi a música Futuros Amantes do Chico Buarque.

É o fim do dia hoje.
parênteses: falta me faz meu mp4

Futuros Amantes


Não se afobe, não

Que nada é pra já

O amor não tem pressa

Ele pode esperar em silêncio

Num fundo de armário

Na posta-restante

Milênios, milênios


No ar

E quem sabe, então

O Rio será

Alguma cidade submersa

Os escafandristas virão

Explorar sua casa

Seu quarto, suas coisas

Sua alma, desvãos


Sábios em vão

Tentarão decifrar

O eco de antigas palavras

Fragmentos de cartas, poemas

Mentiras, retratos

Vestígios de estranha civilização


Não se afobe, não

Que nada é pra já

Amores serão sempre amáveis

Futuros amantes, quiçá

Se amarão sem saber

Com o amor que eu um dia

Deixei pra você


(* sem categorias, sem relatar fonte inspiradora, sem mais delongas)

domingo, novembro 04, 2007

No bom sentido...



Pois então... em homenagem ao feriado e o final de semana, no minimo estranho, cheio de situações constrangedoras e engraçadas, surpresas desnecessárias, rotinas ideais, conveniências e não conveniências, de criatividade, de imparcialidade sim, de alcool em excesso( confesso), de mal intrepretações, má compreensões, sem um puto tostão, sem maldade nenhuma,tudo no bom sentido!!
admito: até que tava bem bom visse!

Deixemos a menina sambar em paz então.. não?!

Mart'nalia - Boto meu povo na rua
- categoria "no bom sentido" hehehe -

Pra te ganhar
Dei sujesta em vagabundo
Dei a volta pelo mundo
Eu mergulhei fundo sem medo de errar
E você fica nessa querendo esnobar
Meu amor que é tão profundo
Ta na hora de parar com isso
Eu jogo um feitiço pra te apaixonar

Tomara que você me entenda
Ou eu faço oferenda
Pro meu orixá
Já é hora de parar com isso
Ou eu jogo um feitiço pra te apaixonar

Eu escrevo teu nome menina
E despacho na esquina
se o santo mandar
ta na hora de para com isso
Ou eu faço feitiço pra te apaixonar

Eu boto um litro de cachaça
Farofa de mel e dendê
Na rua onde você passa
Feitiço pra amarrar você

Que a minha vida não tem graça
Não quero/posso mais viver assim
Então deixa de pirraça
Eu quero teu amor pra mim

Se até dez horas da noite você não voltar
Eu boto meu povo na rua pra te procurar
Se até dez horas...
Se até dez horas da noite você não voltar
Eu boto meu povo da rua pra te procurar

Minha paixão é verdadeira
Eu quero você por inteira...

please, one moment