quinta-feira, março 19, 2009

A/C

Não, não é falta de compreenção...
é excesso de apego...
e não me pergunta porque
isso é aquele tipo de coisa que não tem
ou não vai ter explicações
que eu vou ficar muda, horas,
tentando entender
questionando o porque deixei ser assim
porque não evitei
porque não evito
Eu não consigo...
mas vou parar com o drama...
com a cena, com os engasgares...
com as cobranças
quem sou eu para cobrar né...
quem sou eu para querer...
Vogal burra,
se rendeu à palavra
tem mais mesmo é que se arrebentar
quem sabe assim volte a viver como deveria!
tá doendo...
mas não é só a ida...
são as faltas
são os meus excessos
mas vai passar...
não sei como, nem quando
mas vai passar...




(hoje eu precisei escrever pra estancar o choro...)

Um comentário:

Rita Copetti de Queiroz disse...

aiiiii...

Sorria, que hoje é sexta e o final de semana sera bonito! bjoca!

please, one moment